sexta-feira, setembro 29, 2006

olhando a vida...


Olhando a vida que rodeia este nosso mero ser mortal, e depois de ter ouvido hoje a expressão: a vida são dois dias, não desperdices o primeiro, pergunto-me a mim mesmo: qual é a razão para não vivermos a vida ao máximo?
Penso que as expressões como: a minha vida cá vai andando,... vou mais ou menos,... vou muito mal,... vou andando como me deixam,... são expressões muito vazias de sentido. Claro que dependendo do seu contexto, podem ter ou razão para ser ditas. Mas a minha inquietação vem de elas se tornarem uma rotina do dia-a-dia e fazermos delas as nossas melhores amigas, para nos irmos desculpando e demitirmos de viver a vida.
(...)

segunda-feira, setembro 25, 2006

sentimento profundo... (O)

Senhor Jesus,
Eu quero conhecer-Te

e quero dar-Te a conhecer,
Quero amar-Te

e quero amar os outros,
Quero servir-Te e servir o mundo.
Que eu, Senhor, possa “tocar” a Tua Luz,
e que com o meu coração puro

possa louvar-te e agradecer
todas as coisas que me dás.
Ámen.

quinta-feira, setembro 21, 2006

numa manhã de chuva...


Nesta manhã em que o céu está cinzento e das nuvens caem lágrimas de água começo por louvar o Senhor pela maravilha do Seu Amor por mim, pot ti e por todos nós!
Pode parecer que hoje o dia é um dia triste, mas eu penso que não, pelo contrário... num dia em que chove, manifesta-se também a maravilha da criação de Deus e da sua paixão pela criação. Houve alguém que hoje me ligou e disse: Senhor padre, como está? Hoje o dia está feio, não está? não me apetece fazer nada! Pois a minha resposta foi muito simples: então já que num dia tão bonito que está hoje, a si não lhe apetece fazer nada eu vou fazer alguma coisa por si e por mim e vou desde já rezar para que goste do dia de hoje e tudo lhe corra bem. do outro lado ouvi um obrigado, padre.
Numa reflexão que fiz posterior à conversa telefónica, acabei por pensar que talvez não tivesse entendido o que disse. a minha opinião é que quando não gostamos de uma coisa que é um bem e uma dávida para todos, devemos "dar a volta por cima" ou então fazê-la mais vezes até aprendermos a gostar disso mesmo. Apesar de haver muita gente que não gosta de chuva, eu gosto! e nesta manhã quero continuar a dizer a Jesus:

Obrigado Senhor por tudo aquilo que nos dás!
Quero continuar a aprender a amar como Tu me amas,
para assim poder dizer juntamente com todas as comunidades cristãs:
Ninguém Te ama como eu!!!!!!!!

quarta-feira, setembro 20, 2006

o grupo Guard'África

Nos passados dias 15, 16 e 17 de Setembro, ocorreram em Fátima as Jornadas Missionárias sob o tema: "Percursos e Actualidade da Missão Ad Gentes, 40 anos após o Vaticano II". Muitos foram os participantes de todas as dioceses e institutos religiosos que acorreram a este encontro de gente que se preocupa em levar Jesus (a Sua Palavra e os seus gestos) a outros povos.Da nossa diocese muitos foram os participantes, mas eramos dez os elementos do grupo Guard'África (voluntariado missionário da diocese da Guarda). Entre conferências, oração, convívio e divertimento, tivemos um tempo para trocar algumas ideias com o bispo da nossa diocese, D. Manuel Felício que foi um dos oradores e que ouvimos falar sobre o tema: «Missão “Ad Gentes” hoje: entre a urgência e a desmotivação».Como relata a agência ecclesia : «D. Manuel Felício assinalou o facto de dois terços da população mundial não conhecer a Cristo e a “dificuldade de inculturar o Cristianismo nas tradições”. Motivos suficientes para a “urgência” do anúncio, salientou.»Depois destes dias de encontro, programamos agora o futuro. Um futuro que chega a cada momento e que precisa do nosso olhar atento. O Guard'África não para e estamos à espera de receber notícias de jovens (e não só) que queiram dedicar o seu tempo à Missão. Para isso podem acompanhar-nos através do nosso blog: www.guardafrica.blogspot.com."Sujar os pés" em nome de Jesus é o que fizemos até hoje é é o que queremos continuar a fazer."Kuba ki kutexi ê, kuenda ki kujimbiril'ê" - Dar não é desperdiçar, andar não é perder-se…
o grupo Guard'África

terça-feira, setembro 19, 2006

sentimento profundo... (N)

Senhor Jesus,
Ensina-me a amar mais e a ser mais amigo.
Tu bem sabes que as minhas preocupações são sinceras...
Tu conheces os meus erros...
Tudo faz parte do meu coração humano.
Mas quero estar mais perto de Ti.
Quero parar para estar contigo....
Parar para estar... só conTigo.
E quero escutar-Te.
Escutar o que tens para me segredar ao ouvido.
Senhor Jesus, eu amo-te e quero sempre junto a mim,
Sem divisões,
Sem discórdias,
Sem medos,
Mas com os meus amigos,
Com as minha família,
Com todas as pessoas que fazem parte de mim
Com todos os que vivem neste mundo.
Senhor Jesus, ensina-me a amar como Tu me amas!

quinta-feira, setembro 14, 2006

pensando....

Um novo dia se abre no horizonte e nesta oração que faço todas as manhãs hoje quero dizer a Jesus: Jesus, és o meu grande amor!
Por vezes podemos deixar passar os momentos sem dizermos aquilo que realmente sentimos,...
Por vezes deixamos passar os momentos e não dizemos aos que nos rodeiam o verdadeiro amor que sentimos por eles,...
Por vezes esquecemo-nos da importância que é uma simples palavra: AMO-TE!...
Hoje não quero deixar passar mais um dia sem o dizer...
quero dizê-lo em primeiro a Jesus...

Jesus, és o meu grande amor!!!
Amo-te a Ti e amo todos os que estão comigo:
amo a minha família,
amo os meus amigos,
amo os meus colegas,
amo aqueles que vejo de vez em quando,...
amo os que não amam,...
amo os que não me amam,...
amo aqueles que não conheço,...
amo, porque aprendi a amar conTigo!!!
Obrigado, Jesus, pelo Teu Amor!!!!

quarta-feira, setembro 13, 2006

vontade de gritar...


por entre muitos caminhos,.... muitas direcções,...
há muitas procuras,... muitos encontros,... muitos momentos,...
mas quantas vezes dizemos a Jesus: Tu és o meu fiel amigo!!!!!
hoje acordei com vontade de gritar isto bem alto e dizê-lo ao mundo inteiro:

Senhor, Tu és o meu fiel amigo,
ontem, hoje e sempre...
contigo ao meu lado eu nem olho para trás...
sigo sempre em frente...
caminhar ao teu lado é o que me basta...
ter-te comigo...
Jesus, Tu és o meu fiel amigo!!!!!!

terça-feira, setembro 12, 2006

no início do ano lectivo

Este ano sou professor de EMRC n Escola Regional Dr Dinis da DFonseca (Colégio da Cerdeira). Ontem foi o primeiro dia de aulas e na Eucaristia partilhei esta pequena oração que agora também aqui quero partilhar com todos. Hoje torno a fazê-la, porque também é a primeira vez que dou aulas. Espero que também ajude muitos outros a ter um coração melhor a a receber a mão do Pai.

Criai em mim ó Deus
Um coração puro para ver-Te
Um coração silencioso para escutar-Te
E dá-me silêncio para escutar-me a mim mesmo.
Quero criar em mim a capacidade de Te acolher
Hoje, amanhã e depois,
Para levar-Te para a minha vida.
Dá-me silêncio para ouvir os ecos da Tua voz,
Da tua vontade sobre mim!
Dá-me silêncio para ouvir o pulsar do meu coração!
Dá-me silêncio para perceber
as Tua pegadas nos meus caminhos!
Dá-me silêncio para sentir
A Tua mão de Pai sobre mim!

terça-feira, setembro 05, 2006

mil e uma coisas...

mil e uma coisas nos passam pela cabeça...
mil e uma coisas é o que passa á frente dos nossos olhos...
mil e uma coisas é o que se passa na casa do vizinho...
mil e uma coisas é o que se passa pelo mundo...
muitas podem ser as coisas... mas e o essencial da vida?
os sorrisos,... as saudações,... as alegrias,...
os momentos de felicidade,...
mil e uma coisas passam por nós....
mil e uma coisas fazem acelarar a nossa vida...
mas uma só coisa importa: AMAR!
Quero, e tenho, a certeza de que Ele está connosco em cada passo!
Euro que Jesus ilumine sempre as nossas vidas,
para que tudo o que passa por elas não seja fútil,
mas seja algo que nos faça amar mais,
ser mais felizes,
ser mais irmãos,
ser mais unidos,
ser mais alegres,
ser mais contentes,
ser mais Jesus!
por isso para que tudo seja mais fácil eu digo:
JESUS EU AMO-TE!

sábado, setembro 02, 2006

o alívio... ou a inquietação...


Durante as férias há espaços para mil e uma coisas! Nesta interrupção de férias que estou a ter posso dizer que os cinco dias passados serviram para descansar o corpo e aliviar a alma... mas um alívio que me fez pensar muito na relação de pessoas e que por isso levou a alguma inquietação. agora posso dizer que descobri mais uma vez o valor do Perdão e da Amizade. Muitas vezes pensamos que já nos conhecemos, o que, afinal de contas, pode ainda não ter acontecido na sua plenitude. Mas ainda bem... a descoberta de coisas novas faz bem há alma e ao crescimento humano.
Para já posso dizer que descobri mais de mim e dos outros... isto sáo foi possível graças ao Perdão, ao Respeito e à Amizade que nos une!!!...