quinta-feira, abril 19, 2007

o turbilhão...


Coisas vão acontecendo sempre... a cada minuto e a cada momento há um turbilhão de coisas que me passam pela cabeça... um turbilhão de questões que carecem de respostas e um turbilhão de afirmações que carecem de coerência... Isto é o que eu penso exactamente nesta hora e neste momento em que escrevo isto! Um desabaf0? Talvez! Mas certamente são palavras que me deixam expressar as mil e uma coisas que passam diante de mim... Estava aqui sentado a pensar nas palavras que iria partilhar na homilia da missa de hoje em que vão estar presentes muitas crianças e os seus pais. Nada me ocorria,... Não por falta de ideias, mas por ideias a mais. Foi então que sai da minha cadeira e fui até à Igreja (que fica quase a paredes com a casa onde resido). Entrei. Senti o doce odor das papoilas que embelezavam o templo. Agradeci a Deus tudo o que já me tinha dado durante este dia. Agradeci a vida de todos quantos se cruzaram no meu caminho. Agradeci as leves gotas de chuva que que me caíram na cabeça. Fiquei em silêncio. Quis sentir o silêncio de Deus. Sai. Voltei para a minha cadeira e olhei para um conjunto de imagens que tinha espalado na mesa. Vi uma imagem de Deus a sorrir pelas coisas engraçadas que nós fazíamos. Fiquei em silêncio. Uma ideia nova surgiu: comunicar com sorrisos. Ser um pouco do sorriso de Jesus e dizer às crianças que sorriam sempre como Jesus.

Foi mais um momento de vida de um louco pensador que quer amar cada vez mais...

2 comentários:

Pe. Tó Carlos disse...

Cada vez julgo mais que a vida vale por esses momentos... Pelo tempo que Lhe damos... pelos sorrisos que partilhamos!

Maria disse...

Intenso todo este partilhar ,quantas vezes na nossa cabeça existe um turbilhão de ideias e sem as conseguir discernir as certas e de repente Deus dá-nos luz ,simplesmente através de algo tão mímnmo e que representa tanto.