sábado, janeiro 23, 2010

eheheheheh... "bué" de gargalhadas...

eheheheh... é o que me apetece fazer neste momento.... rir-me até cair no chão e me rebolar para todos os lados... não um riso de escárnio ou crítica (de qualquer tipo), mas daquele riso e gargalhadas que se dão por se darem, porque nos sentimos bem com elas, e porque até nos fazem viver e dão um colorido ao cinzento da vida. Sim,... acredito que muitas vezes eu faço a vida mais cinzenta do que ela realmente é. Muitas vezes deixei de ser o que Deus quer que eu seja, para ser algo que os homens querem que eu seja. Por isso rio-me de tão parvo (pequeno) de espírito que fui por vezes... de ser o que outros querem e não o que Deus quer! Muitas vezes falo de uma imagem que tenho (e que gostaria de ampliar para pôr e oferecer como tela/quadro a muita gente) Deus que se ri. Deus não é um ser poderoso e castigador, mas Ele bem se deve rir das "asneiras" que fazemos por burrice nossa. Sim, burrice. Onde já se viu ser o que quer a humanidade e não o que Ele quer?! Hoje rio-me com ele,... com todo o sentimento que tráz um bom sorriso e uma boa gargalhada.

como me sinto...


2 comentários:

Anónimo disse...

Há que tentar minimizar certos estados de humor que passam por nós,não vale msm a pena alimentar amarguras ,odios de estimação,ou lá o que seja,rir e saber rir ,alimenta o espirito e rir das "figuras " que fizemos ,faz parte da evolução.E nós estaremos sempre a andar p a frente e evoluir!Já dizia o "outro" que tristeza nao pagam dividas " e "rir é o melhor remedio",de facto ! bjs

Anónimo disse...

Tive medo que estivesse a ficar a "dar para o indeciso!"
Deus nos livre de tal!...