terça-feira, outubro 31, 2006

a existência


Há situações e coisas na vida que não se percebem muito bem. Há aquelas pessoas que existem. Há as outras que existem e falam. Há ainda as que existem, falam e vivem. Também há as pessoas que existem, falam, vivem e fazem parte da vida dos outros. Creio ainda que também há as que existem, falam, vivem, fazem parte da vida dos outros e se envolvem na existência das coisas. Agora, e depois desta reflexão sumária, vou ficar a pensar na existência...........

7 comentários:

Anónimo disse...

Mais do que existir importa ser. Porque ser implica que se viva, que se fale, que se faça parte da vida dos outros e da existência das coisas. Ser implica "o outro" porque nunca se pode ser só, sem noção de uma dimensão superior a nós e sem noção de que estamos cá para servir e para "ser" pelos e com os outros.

elsa nyny disse...

Ângelo!!

Pois é há muitos situações, de existência, e de (co)existência...
mas a melhor de todas (para mim, e também a mais dificil)... é a da essência...o deixar de ser (?)...o anular da nossa existência para que os outros a sintam!!!

Beijinhos!!!

:))))

malu disse...

Somos todos tão iguais e tão diferentes, não é? Hmmm.. Mas pensar sobre isso dá cá um trabalho! Eh eh :p

Abraços!

disse...

E aquelas que falam mas nao existem???
abc

Anónimo disse...

existir... simplesmente...

Maria disse...

E à outros que simplesmente não falam ,não vivem,vivem só para si próprios numa concha muito difícil de lhes chegar e quando falam é com tanto egoísmo...até dói no fundo da alma...viver pensar nos outros?não é para todos ,só se for de palavras, ,actos ?

maria disse...

Eu existo, falo,vivo,porque amo muito, tudo o que Deus me deu para amar,as pessoas que conheço ,as que não conheço, porque só por isso não se é amigo,porque não se conhece ,eu amo a Natureza,o mar,o vento ,caminhar à chuva usufruir de tudo.amar simplesmente amar ,sorrir,trabalhar,tudo... o Dom da vida é sublime.