quarta-feira, novembro 19, 2008

um presente para cuidar

Todo o mundo é de todos e todos constroem uma parte do mundo. É um bom pensamento. Certamente, mais do que pensamento, é uma verdade. Mas e se pensássemos: Deus dá-nos a vida e entrega-nos o mundo para cuidarmos dele! A forma de pensar muda? Penso que sim. Uma coisa é pensar que tudo é meu e eu faço o que quiser do que é meu, mas outra coisa é receber algo e deixá-lo em condições para que muitos outros também o possam ter. Assim eu penso Deus (porque Ele também se pensa) nesta manhã: Um Pai tão bom para mim e para todos nós que nos entrega um presente que temos de cuidar para o podemos entregar em boas condições a outros. Não seria mais fácil cuidar da vida e do nosso planeta se todos respirassem com esta certeza?

9 comentários:

joaquim disse...

Sem a minima dúvida!

Uma verdade que todos nós que acreditamos conhecemos, mas tantas vezes esquecemos.

Abraço amigo em Cristo

Anónimo disse...

Pois é verdade,mas nós nao temos noção do mal que todos nós fazemos diáriamente mesmo inconscientemente. Enfim um dia alguém ( não sei quem) há-de pagar por todos estes excessos, que quer queiramos quer não reais,basta lembrar o pequeno gesto de deitar uma pastilha para o chão...e sabem quantos anos demora a desaparecer? Cinco anos no mínimo.Um vdro fora do vidrão... mais ou menos um milhão de anos.... Pensemos nisto e comecemos a cuidar do planeta pois ele pertence-nos ...nós devemos preservá-lo para nele podermos viver melhor pensando nas gerações vindouras. por favor. comecem hoje!!!

Anónimo disse...

ORAÇÃO que recomendo a todos.
"Senhor Jesus, eu te agradeço pelo teu amor e pela tua vinda ao mundo para morrer por mim. Reconheço que, até hoje, não tenho sido eu a conduzir a minha vida e que assim tenho pecado contra ti. Agora, quero colocar a minha confiança em ti e receber-te na minha vida.
Obrigado por perdoares os meus pecados. Faz de mim a pessoa que tu desejas que eu seja. Te agradeço por responderes à minha oraçao e por estares agora na minha vida. Amén"

Anónimo disse...

Se Cristo é amor, temos de pensar positivo, passar alegria de viver ao próximo, sem ressentimentos e de coração aberto e sem reservas.

Essas coisas da pastilha e escarrar para o chão e outras que tais, julgo que são culturais e não tem nada a ver com a religião.

Pe Ângelo disse...

Religião e Cultura estão inter-ligadas, apesar de muitos não o acharem!
Este post nada tem a ver com ecologia, mas tem a ver com o dom da vida e liberdade que Deus entrega a cada um de nós e do bom ou mau uso que eu e todos fazemos dele. Este é o "presente" a que me refiro que temos de cuidar. E, como é claro, vivemos num determinado tempo e espaço. Se não cuidamos este tempo e espaço, vida espiritual e vida social, que herança deixamos aos que vierem depois de nós?

Anónimo disse...

concordo plenamente com a oastilha elástica, pois tudo na vida devia ter um lugar certo, mas infelismente não é assim . religião tem a ver com tudo até com pastilha no chão, quer queiramos quer não.

Anónimo disse...

A ecologia tem a ver com quê afinal? E a Religião? Se calhar sou eu que ando á deriva...pois considero que tudo aquilo que fazemos no nosso dia a dia, mesmo no plano ecológico ou em que aspecto fôr tem a ver com a nossa postura perante a vida, perante Deus, se assim não é, fico mais triste e com pouca vontade de amar as pessoas.

Pe Ângelo disse...

Mais uma vez devo ter-me exprimido mal. O post que fiz não tem a ver com um assunto específico, mas com todos em geral. Como eu disse no comentário anterior, religião e Cultura estão inter-ligadas, e tal como elas estão tudo o resto está. Qualquer atitude que eu faço tem repercursões a todos os níveis da sociedade e mesmo em mim próprio. O amor a mim mesmo e aos outros reflecte-se em cada gesto que faço (seja ele qual for). O que eu reflectis tem a ver com o presente que Deus nos dá para cuidar: VIDA (na totalidade do seu sentido) e o tão pouco que por vezes podemos fazer com ela. A reflexão é muito simples: Recebo um presente e fico com ele só para mim ou consigo partilhá-lo com os outros? neste presente está tudo: Amor, Alegria, Paz e, até mesmo, os sofrimentos e tristezas do dia-a-dia. Até que ponto conseguimos ser verdadeiros connosco mesmo e com os outros?

Maria disse...

Muitas vezes desperdiçamos a nossa própria vida , como podemos cuidar do que é de todos.